Procurar
Close this search box.
Procurar
Close this search box.

Valorização dos Faróis Históricos de Cabo Verde

Imagem-WhatsApp-2024-05-22-as-12.18.42_2fd0f323

Na qualidade de cofinanciador do Projeto de Reabilitação dos Faróis de Cabo Verde, uma delegação da Cooperação Espanhola reuniu-se com a equipa diretiva do Instituto do Património Cultural (IPC) para discutir os avanços do projeto nomeadamente, o processo para o arranque das intervenções nos Faróis selecionados para o 1º ano do projeto como o Farol Dona Maria Pia na Praia, Farol de São José do Maio e Farol Fontes Pereira de Melo em Santo Antão.

A reabilitação dos faróis históricos visa conservar a integridade destes elementos patrimoniais e de segurança marítima, promovendo a sua integração no roteiro turístico-cultural nacional. O projeto prevê a criação de espaços de interpretação, melhorias no acesso e sinalização, e a adição de novos serviços em áreas de lazer e contemplação. O projeto de reabilitação dos 8 Faróis tem um financiamento global de 70 milhões de escudos cabo-verdianos Cofinanciado pela Agência Espanhola de Cooperação e Desenvolvimento- AECID.

Para além dos 3 faróis acima mencionados, o projeto beneficia: Farol de Ponta Preta, no Tarrafal; Farol do Leste, em São Domingos, ambos na ilha de Santiago; Farol Don Luís I e Farol Dona Amélia, ambos em São Vicente; Farol Morro Negro, na ilha da Boa Vista

Partilhar

Chantier-École Internacional -Santiago 24

Cidade Velha, acolhe no quadro dos 15º aniversário da sua classificação a Património Mundial o primeiro Chantier-École Internacional de Arqueologia Subaquática, entre os dias 1