Procurar
Close this search box.
Procurar
Close this search box.

Visita às Escavações Arqueológicas na Rua da Banana

12

A histórica Rua da Banana, situada em Cidade Velha, está a ser alvo de uma escavação arqueológica, onde se estudam vestígios de um património habitacional provavelmente do Sec. XVII.

No quadro destes trabalhos realizou-se ontem uma visita aberta destacando-se a presença de diversas entidades e da Comunicação social. O espaço também foi visitado por alunos do curso de guia de turismo da Escola de Hotelaria e Turismo.

Esta iniciativa de escavação, localizada num dos pontos mais emblemáticos da urbe da Ribeira Grande dos séculos XV-XVI, revelou estruturas de uma antiga residência que se acredita ter pertencido a grandes senhores da época. A campanha visa a valorização e musealização deste património habitacional, preservando assim a autenticidade de uma das primeiras ruas urbanizadas em África.

Durante as escavações, foram descobertos pequenos objetos de cerâmica, moedas e outros artefactos que serão analisados no Museu de Arqueologia. Trata-se de uma iniciativa essencial para a preservação do património arqueológico de Cidade Velha, um Sítio Património Mundial.

Este projeto é financiado pelo Projeto CERIBAM e pela Fundação Palarq, numa parceria estratégica entre o IPC, o Centro de Humanidades da Universidade Nova de Lisboa (CHAM) e a Universidad del País Basco, em Espanha, dando continuidade a uma prospeção realizada em 2018.

As escavações têm como objetivo não só a descoberta de artefactos históricos, mas também a compreensão e reconstrução da paisagem arquitetónica original da Rua da Banana. Esta reconstrução é vital para preservar a integridade de Cidade Velha como Património Mundial da UNESCO. Estes esforços são fundamentais para revelar novas informações sobre a vida quotidiana e as estruturas arquitetónicas dos primeiros habitantes da cidade.

Partilhar