Presidente do IPC recebe novo coordenador do Gabinete de Desenvolvimento do Turismo

Presidente do IPC recebe novo coordenador do Gabinete de Desenvolvimento do Turismo

O Presidente do IPC, Hamilton Jair Fernandes, acompanhado da Diretora dos Museus, Ana Samira Silva Baessa e dos arqueólogos e técnicos do IPC Jaylson Monteiro e Carlos Carvalho, recebeu o novo coordenador do Gabinete de Desenvolvimento do Turismo, José Soares, e os técnicos do turismo Cátia Gonçalves e Edison Barbosa.

Para além da apresentação da nova equipa, estiveram na ordem do dia a discussão sobre a possibilidade de criação de novos produtos turísticos, nomeadamente no sector do património subaquático.

Recentemente Cabo Verde ratificou em 2019 a Convenção da UNESCO para a Salvaguarda do Património Cultural Subaquático de 2001 prevendo não apenas a sua proteção, mas também a sua exploração enquanto oferta turística.Para tal, trabalhos como a formação, sensibilização, catalogação e inventariação deste património tem sido realizados no sentido de promovê-lo enquanto produto turístico.

A parceria entre as duas instituições chega num momento oportuno numa altura em que o foco está a ser a concretização do projeto de colocar Cabo Verde no roteiro do turismo do património subaquático a nível da Macaronésia e posteriormente a nível mundial.

Fernandes aproveitou o encontro para socializar o projeto da sinalização das zonas subaquáticas de maior interesse a nível cultural, nomeadamente os naufrágios, a começar pela Cidade Velha, sítio património mundial. Um projeto que contará não só com parcerias institucionais como da comunidade costeira, dos operadores turísticos, dos investigadores, etc.

Para além disso, após a recente apresentação dos resultados de Cabo Verde no projeto MARGULLAR que ocorreu em Lanzarote, Ilha das Canárias, surge ainda a possibilidade de haver um financiamento com o fito de dar continuidade a este projeto que visa articular o Património e Turismo através da realização de trabalhos de arqueologia subaquática para a preservação e conservação do património marinho, para a sua posterior valorização e aproveitamento, com foco na melhoraria da atratividade e promoção do turismo nestas regiões.

Do encontro saiu o compromisso da criação de uma equipa de trabalho entre as duas instituições que debruçará sobre a identificação e inventariação de produtos que poderão ser promovidos como novas ofertas turísticas.

Partilhar
Últimas Notícias

DIA MUNDIAL DO TURISMO

Comemora-se hoje o dia Mundial do Turismo, este ano sob o lema “Repensando o Turismo”, onde a Organização Mundial do Turismo faz um apelo a