Presidente do IPC recebe irmão do músico e compositor Norberto Tavares

279095277_367137118787398_7576160457107761071_n

O presidente do Instituto do Património Cultural, Hamilton Jair Fernandes, acompanhado da Diretora dos Museus, Ana Samira Silva Baessa, recebeu nesta manhã o irmão do músico e compositor Norberto Tavares, António Tavares e sua esposa.

Na ordem do dia esteve a discussão sobre os projetos que possam garantir a perpetuação do legado de Norberto Tavares enquanto músico e compositor.

O presidente do IPC começou por agradecer a família do músico pela disponibilização dos objetos pessoais do mesmo para a criação do espaço museográfico assegurando que projetos e recursos estão a ser canalizados com vista à salvaguarda e promoção dos trabalhos daquele que foi um dos grandes embaixadores da música cabo-verdiana.

António Tavares por sua vez em representação da família, manifestou o desejo de poder contar com o apoio do IPC em relação à tradução, lançamento e promoção do livro sobre a história de vida de Norberto Tavares, “Songs for Cabo Verde – Norberto Tavares’s Musical Visions for a New Republic” escrito pela sua grande amiga e professora de música americana, Susan Hurley-Glowa, bem como da obra que contém composições inéditas do músico.

Igualmente, pediu o auxílio da intuição para a formalização de uma escola de música, montagem do um estúdio e um palco multiuso dentro do edifício do Museu Norberto Tavares, garantindo que todos os equipamentos e instrumentos serão facultados pela “Fundação Norberto Tavares” da qual é presidente. A reabilitação da campa de Norberto Tavares também esteve nesta lista.

Durante o encontro, houve espaço para a apresentação do projeto de reabilitação do Museu Norberto Tavares sito em Assomada, cujo objetivo é a criação de uma maior dinâmica no espaço, fazer do museu uma referência para o turismo cultural e trabalhar a figura de Norberto Tavares na perspetiva da educação das novas gerações.

Um projeto amplo que para além de proporcionar maior comodidade aos visitantes, irá agregar serviços e promover o património cultural imaterial da Cidade de Assomada sempre na perspetiva do exímio músico e compositor.

António Tavares manifestou a sua satisfação com o projeto, inteirando a total abertura da família em colaborar para a sua concretização, tanto a nível da disponibilização de documentos como na mobilização de recursos.

Recorde que em Cabo Verde existem apenas 3 museus biográficos das grandes figuras nacionais, o Museu Norberto Tavares, o Núcleo Museológico Cesária Évora e Casa Museu Eugénio Tavares. Estruturas que retratam a vida e obra destas personalidades e todas sob a tutela do Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas.

279352928_367137268787383_821544767227012057_n
Partilhar
Últimas Notícias

DIA MUNDIAL DO TURISMO

Comemora-se hoje o dia Mundial do Turismo, este ano sob o lema “Repensando o Turismo”, onde a Organização Mundial do Turismo faz um apelo a