Presidente do IPC desloca-se à ilha da Boavista

Presidente do IPC participa no seminário A Cidade de MacútiPensar o Futuro_Património e Desenvolvimento na ilha de Moçambique

O presidente do Instituto do Património Cultural, acompanhado da Diretora dos Museus, Ana Samira Silva Baessa e do arquiteto Ricardo Ortet, encontra-se em missão de serviço na ilha da Boavista.

Esta missão tem como objetivo encontros com os parceiros locais nomeadamente a Cãmara Municipal com vista ao inicio da implementação dos projetos ligados à preservação do património e criação de novas ofertas a nível do turismo cultural naquela ilha.

Constam da agenda um encontro com a edilidade da ilha, a visita ao edifício da ex-alfândega que albergará o “Núcleo de Arqueologia da Boa Vista” e a visita ao espaço identificado pela CM em Povoação Velha, onde se erguerá a “Casa da Morna da Boavista”. Os referidos projectos enquadram-se no âmbito do Programa Operacional do Turismo – POT.

O Programa do Governo delineada para responder aos desafios da diversificação da oferta turístico cultural ancorado nas perspetivas de desenvolvimento sustentável, preservação dos recursos naturais, culturais, patrimoniais e humanos do país, como sendo a mais valia para a construção de um produto turístico resiliente, em todas as ilhas e municípios do país.

Para o setor do Turismo Cultural está previsto um montante de 193.792.598 ECV (cento e noventa e três milhões, setecentos e noventa e dois mil e quinhentos e noventa e oito escudos). Para além do financiamento do POT, a execução do projeto do “Núcleo de Arqueologia da Boa Vista”, conta ainda com parte do financiamento do do projeto MARGULLAR2, para a materialização de programas ligados à conservação e proteção do ambiente e promoção da eficiência dos recursos cujo financiamento global é de 110.000 EUR (cento e dez mil euros).

Durante a sua estadia na ilha estão ainda previstos encontros com empreiteiros locais com vista apresentação de propostas para a “Reabilitação e Conservação do Forte Duque de Bragança, no Monumento Natural do Ilhéu de Sal-Rei,”, projeto co-financiado pela Direção Nacional do Ambiente através do programa Bio-Tur, no valor total de 4.208.927$00 (quatro milhões, duzentos e oito mil, novecentos e vinte e sete escudos).

O contrato de financiamento deste financiamento foi assinado na passada sexta feira seguindo agora os tramites para o desbloqueio do valor a executar.

O projeto pretende valorizar o património histórico cultural situado no monumento natural, criando as condições para a sua interpretação e fruição como testemunho de uma parte da história da ilha, ligada ao porto de Sal-Rei, à atividade comercial, ao contacto com pessoas de outras paragens, à pirataria e à organização militar.

Partilhar
Últimas Notícias
Presidente do IPC recebe COC

Presidente do IPC recebe COC

O Presidente do Instituto do Património Cultural, Hamilton Jair Fernandes, acompanhado da Diretora dos Museus, Ana Samira Silva Baessa, recebeu nesta manhã o Comité Olímpico

Presidente do IPC recebe Presidente da CMTS

Presidente do IPC recebe Presidente da CMTS

O Presidente do Instituto do Património Cultural, Hamilton Jair Fernandes, acompanhado da Diretora do Património Imaterial, Sandra Mascarenhas e da Diretora dos Museus, Ana Samira