“O inventário como base para a salvaguarda do acervo. O caso do Museu de Arqueologia”

“O inventário como base para a salvaguarda do acervo. O caso do Museu de Arqueologia”

As comemorações alusivas ao dia internacional dos museus, que se assinalam no dia 18 de Maio, arrancaram com a apresentação, via facebook, do tema “O inventário como base para a salvaguarda do acervo.

O caso do Museu de Arqueologia”. A apresentação foi realizada na página do facebook da instituição pelo Gestor do Património e técnico do Instituto do Património Cultural, Adilson Dias, e incindiu sobre o processo de elaboração do inventário do património móvel, centrando a sua intervenção no Museu de Arqueologia e na plataforma em uso para a gestão do acervo dos Museus de Cabo Verde.

Trata-se de uma plataforma inovadora que permite em tempo oportuno e em detalhes todas as informações sobre cada peça dos museus, enquanto elementos únicos e de interesse excecionais. O Inventário Nacional do Património Móvel é um projeto estruturante, levado a cabo pela direção dos Museus do IPC que suporta e fundamenta o cumprimento das demais funções museológicas.

O inventário do acervo do Museu de Arqueologia estará disponível na Plataforma do Inventário Nacional do Património que acolherá dados de todos os museus de Cabo Verde, sob tutela do Instituto.

Partilhar
Share on email
Share on facebook
Últimas Notícias