IPC realiza conversa aberta “O Campo de Concentração do Tarrafal na revitalização das memórias da luta de libertação nacional”

282565027_382048780629565_1398005287248272601_n

Enquadrado nas atividades alusivas ao Dia Internacional dos Museus, que se assinala hoje, o Instituto do Património Cultural através da Direção dos Museus realizou nesta manhã, no Museu do Campo de Concentração do Tarrafal, uma conversa aberta “O campo de concentração do Tarrafal na revitalização das memórias da luta de libertação nacional”.

O objetivo foi discutir o poder deste espaço e promover diálogos sobre as questões da liberdade, valores da cidadania, da paz etc.

Num primeiro momento foi abordado os valores universais do Campo de Concentração do Tarrafal, que justificam a sua inclusão na lista indicativa de Cabo Verde na Unesco, pela técnica e coordenadora do projeto “Atlas da Lista Indicativa de Cabo Verde na Unesco”, Ivalena Rosário.

Depois falou-se sobre o “Tarrafal: Um olhar através da Imprensa”, pelo historiador e técnico do IPC, Edson Brito, destacando a sobre a relevância da imprensa na perspetiva da disseminação da informação sobre o Campo de Concentração do Tarrafal, numa altura em que a censura e o ataque feroz da imprensa eram uma metodologia privilegiada do regime salazarista.

Por fim, o presidente do Instituto do Arquivo Nacional de Cabo Verde, José Maria Borges, ressaltou os arquivos relacionados com a temática da resistência e da resiliência na colonia penal de Cabo Verde que irá compor uma exposição permanente no museu Campo de Concentração do Tarrafal.

Partilhar
Últimas Notícias

IPC apresenta projeto MARGULLAR 2

O Instituto do Património Cultural apresentou hoje o projeto MARGULLAR 2 durante a jornada de apresentação dos projetos aprovado com Cabo Verde na segunda convocatória