Procurar
Close this search box.
Procurar
Close this search box.

Início das intervenções nas casas da Rua Banana, Cidade Velha, Património Mundial

Início das intervenções nas casas da Rua Banana, Cidade Velha, Património Mundial

Enquadrada nas atividades alusivas ao 14º Aniversário da Classificação da Cidade Velha a Património Mundial e dando seguimento a implementação do Termo de Compromisso assinado com os moradores da Rua da Banana, iniciaram as intervenções da I fase da reabilitação das coberturas de 7 moradias desta rua.

Cidade Velha, berço da Nação Cabo-verdiana, foi elevada, pela UNESCO, à categoria de Património da Humanidade, em junho de 2009. Um reconhecimento que, além de ressaltar a importância histórica do sítio, impõe responsabilidades institucionais acrescidas na sua gestão. Neste sentido, o Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas, através do IPC – Instituto do Património Cultural e a Câmara Municipal de Ribeira Grande de Santiago – CMRGS, deram início às intervenções nas casas da Rua de Banana.

Uma ação de manutenção que será realizada a cada três anos, segundo o Termo de Compromisso e que visa manter o aspeto renovado destas coberturas enquanto elemento de grande valor no contexto da urbanização da Cidade Velha e da apropriação da comunidade ao seu património e entorno.

Um projeto importante numa altura em que estão em curso projetos estruturantes para a Cidade Velha no quadro da implementação do Plano de Gestão 2018-2022, eixo II – Gestão Urbana – Proteção da Paisagem Urbana Histórica e o eixo IV – Turismo e Indústrias Criativas.

Estas intervenções delineadas pelo Governo de Cabo Verde através do programa POT, financiados pelo Fundo de Sustentabilidade Social do Turismo e pelo Banco Mundial, em mais de 200.000.000 (duzentos mil contos) tem por objetivo conciliar o desenvolvimento urbano e a proteção do Bem Património Mundial, potencializando-o no contexto do desenvolvimento sustentável, a melhoria do bem-estar da comunidade residente e envolvente.

Estas Intervenções abrangem 8 áreas: Requalificação da Sé – Misericórdia e Requalificação Largo do Pelourinho ambos em fase de envio para concurso;

Requalificação do Acesso a Fortaleza (estrada principal- Fortaleza);

Requalificação da Entrada da Cidade Velha (Achada Forte – zona do Pelourinho);

Requalificação Encosta de São Sebastião;

Requalificação Bairro de São Pedro (da Rua da Banana – Convento de São Francisco);

Caminho Vicinal da Ribeira (início da ribeira até águas verdes).

Partilhar

Chantier-École Internacional -Santiago 24

Cidade Velha, acolhe no quadro dos 15º aniversário da sua classificação a Património Mundial o primeiro Chantier-École Internacional de Arqueologia Subaquática, entre os dias 1