Procurar
Close this search box.
Procurar
Close this search box.

Encontro comité de seguimento do Projeto Margullar II

Encontro comité de seguimento do Projeto Margullar II

A presidente do Instituto do Património Cultural, Ana Samira Silva Baessa, participou de 07 a 10 de março, no encontro comité de seguimento do Projeto Margullar II em Dakar.

O objetivo do encontro que reuniu todos os parceiros do projeto foi analisar o ponto de situação sobre a implementação das atividades em cada um dos territórios, tendo em conta o termino do projeto em 2023 e ainda as perspetivas para um novo projeto a apresentar no quadro das chamadas MAC da União Europeia.

No quadro do Projecto Margullar II, Cabo Verde tem em execução:

• Duas formações teóricas e práticas em arqueologia subaquática na cidade da Praia e na Boa Vista que culminará na criação do primeiro parque arqueológico subaquático na Ilha da Boa Vista;

• A produção de materiais audiovisuais e em suporte físico para as atividades de sensibilização para a proteção do património cultural subaquático (PCS);

• A Instalação de equipamentos e suportes de interpretação no Museu do Mar, no Museu de Arqueologia da Boavista, em fase de conclusão, e no Museu de Arqueologia da Praia.

À margem do encontro do Projecto Margullar II, realizou-se um encontro com a Direção do Património Cultural do Senegal onde se falou das possíveis áreas de colaboração entre as duas instituições, nomeadamente na Gestão da Cidade Velha e da Ilha de Gorée, ambos inscritos na lista de Património Mundial.

Igualmente, reuniu-se com a equipa do Escritório da UNESCO em DAKAR tendo em conta os projetos em curos e que contam com o financiamento desta instituição, como a exposição do Museu de Arqueologia da Boavista e inventário e digitalização do acervo arqueológico.

Ana Samira Silva Baessa recebeu em nome da instituição, o certificado da Associação Internacional para a Cooperação Turística em reconhecimento do projeto margullar II na cooperação transacional.

Recorde que Cabo Verde é beneficiário deste projeto com um financiamento global de 111.000 euros.

Partilhar

Chantier-École Internacional -Santiago 24

Cidade Velha, acolhe no quadro dos 15º aniversário da sua classificação a Património Mundial o primeiro Chantier-École Internacional de Arqueologia Subaquática, entre os dias 1