Crescimento de mais de 130% nas visitas aos Museus de Cabo Verde

Os Museus de Cabo Verde registaram, em 2021, um acréscimo de mais de 130% de visitas em relação ao ano de 2020.

Os Museus de Cabo Verde registaram, em 2021, um acréscimo de mais de 130% de visitas em relação ao ano de 2020.

Isto graças à inovação dos conteúdos em várias estruturas, ao reforço dos mecanismos de comunicação, e a consequente retoma do turismo no país. Ainda, mesmo sob os efeitos da pandemia e das restrições sanitárias, surgimento de novas variantes, os museus vêm recuperando, paulatinamente, alguma normalidade no seu funcionamento.

Em 2021 os museus receberam um total de 8.466 visitas, um aumento de mais de 130% em relação ao ano transato onde tinha recebido 3.639 no espaço físico. Lembra-se quem em 2019, considerado ano típico os museus receberam cerca de 30.000 visitantes.

O Museu mais visitado foi o Campo de Concentração do Tarrafal com 4.215 entradas, sendo responsável por 50% do total das entradas, seguido da Casa da Morna Sodade em Tarrafal de São Nicolau com 834 entradas (10%) e do Museu Etnográfico da Praia com 795 entradas (9%).

Seguidamente, o Museu da Tabanca recebeu 712 visitas (8%), o Museu do Mar 584 (7%), o Museu Norberto Tavares 378 (4%), o Núcleo Museológico Cesária 308 (4%), a Casa Museu Eugénio Tavares (3%) e o Museu do Sal com 232 (2%) e o Museu de Arqueologia 158 (2%), sendo estes dois últimos os menos visitados.

Visite-nos nos nossos espaços físicos ou virtualmente através do nosso site ww.museus.cv

Partilhar
Últimas Notícias