Cooperação Portuguesa, visita o IPC para inteirar-se do projeto de Musealização das Ruínas da Igreja de Nossa Senhora da Conceição.

Cooperação Portuguesa, visita o IPC para inteirar-se do projeto de Musealização das Ruínas da Igreja de Nossa Senhora da Conceição.

Tendo assumido funções, recentemente, como Adida para a Cooperação Portuguesa na Embaixada de Portugal na cidade da Praia, Odete Ferreira e Serra, acompanhada da Dra. Raquel Marchã, visita o instituto para inteirar-se do processo relativamente à implementação do projeto “Musealização das ruínas da Igreja Nossa Senhora da Conceição”, uma vez que o Instituto Camões financiou o projeto no valor de 15.000 euros.

O presidente do Instituto do Património Cultural, Hamilton Jair Fernandes, acompanhado pelo arquiteto da instituição, Adalberto Tavares, apresentou os processos do andamento do projeto, começando por fazer uma pequena introdução deste, informando que iniciará oficialmente na segunda-feira, 16 de maio, com a vinda de arqueólogos/ cientistas da Universidade Cambridge. Além desses, o trabalho de escavação será complementado por conservadores do Instituto Politécnico de Tomar, previstos chegarem na segunda semana do mês de junho.

O projeto, segundo o presidente, já foi socializado com as partes interessadas, nomeadamente a Diocese de Santiago e o antigo proprietário Manuel de Pina que cedeu o terreno à Igreja. Após a introdução do Presidente, o arquiteto Adalberto Tavares fez a apresentação do projeto que visa sobretudo a conservação dos vestígios existentes in situ, permitindo assim uma compreensão da história e do sítio arqueológico na sua íntegra. Após a apresentação a Adida mostrou-se satisfeita com o avanço que o projeto está a desenrolar.

Partilhar
Últimas Notícias