“Concertos no Convento valoriza a nossa língua, nossa sonoridade e todo o potencial que temos enquanto país” – MCIC, Abraão Vicente

“Concertos no Convento valoriza a nossa língua, nossa sonoridade e todo o potencial que temos enquanto país” – MCIC, Abraão Vicente

A Cidade Velha vai passar a ter mais um ponto de referência. “Concertos no Convento” que irá acontecer todos os meses no Convento de São Francisco, na cidade berço da nação cabo-verdiana e na nossa Ribeira Grande de Santiago.

A primeira artista a abrir este esse novo chamariz cultural para a Cidade Velha, ao final do dia, foi Sónia Lopes que cantou e encantou com mornas e músicas de outros continentes.

O Ministro da Cultura e das Indústrias Criativas, Abraão Vicente, que não pôde estar presencialmente no evento, enviou uma mensagem de boas energias para mais esta iniciativa.

“A ideia d fazermos Concertos no Convento surgiu de forma a valorizarmos o nosso património, a morna, Património da Humanidade, a nossa música e aquilo que criamos enquanto povo, a nossa língua cabo-verdiana, a nossa sonoridade e, ainda, para valorizar todo o potencial que temos enquanto país de música, de músicos e de criadores”, afirmou o governante no vídeo.

“Concertos no Convento” será assim, todos os meses, o seu lugar de eleição no final da tarde. Todos os meses, um artista diferente. Venha celebrar a nossa cultura, a nossa morna, a música, o nosso Património Mundial.

Este evento é uma iniciativa do Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas através da Direção Geral das Artes e das Indústrias Criativas, em parceria com o Instituto do Património Cultural e da Câmara Municipal de Ribeira Grande de Santiago.

Partilhar
Últimas Notícias

DIA MUNDIAL DO TURISMO

Comemora-se hoje o dia Mundial do Turismo, este ano sob o lema “Repensando o Turismo”, onde a Organização Mundial do Turismo faz um apelo a