Procurar
Close this search box.
Procurar
Close this search box.

Abertura da formação “Conxi pa preserva e valoriza”

Abertura da formação “Conxi pa preserva e valoriza”

Iniciou no passado sábado, 15 de abril, no Convento de São Francisco, Cidade Velha, Património Mundial, a formação “Conxi pa preserva e valoriza”.

Uma formação direcionada aos líderes da Rede das Associações Comunitárias e Movimentos Sociais da cidade da Praia (RACMSP), cujo objetivo é trabalhar numa perspetiva de motivar as associações comunitárias a ter presente a cultura e o património como uma das ferramentas de intervenção nas comunidades.

Durante a formação, que terá continuidade no dia 22 de abril, foram abordados os conceitos de património (material e imaterial), como é que as associações, estando dentro das comunidades, podem ser os guardiões do património e apoiar as instituições e a própria comunidade no processo de inventario de potenciais valores culturais e os meios mais adequados para a sua valorização no contexto do desenvolvimento local.

Esta abordagem materializa as ferramentas participativas previstas nas Convenções do Património Cultural e na legislação nacional sobre o património.

De realçar que a formação desenvolvida pelo Gabinete de Educação Patrimonial do IPC, enquadra-se no âmbito das comemorações do dia 18 de Abril, Dia Internacional do Monumentos e Sítios que tem como Lema “Património e Mudança”.

São formadores, os técnicos do IPC, Admilson Mendes, Martinho Brito e Eugénia Alves. A abertura da formação foi realizada pela presidente do Instituto do Património Cultural, Ana Samira Silva Baessa.

Partilhar

Celebração do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios

Os alunos de História da Escola Secundária de Salineiro, em Ribeira Grande de Santiago, participaram numa conversa dedicada à Proteção do Património histórico e cultural com incidência sobre o património Arqueológico e Subaquático.