cratera de cova

 O Parque Natural de Cova, Paúl e Ribeira da Torre (PNCPRT) está localizado na vertente setentrional da ilha de Santo Antão, mais precisamente na parte nordeste, numa área de confluência de três concelhos, Porto Novo, Ribeira Grande e Paul. A altitude máxima do parque é de 1585 na zona de Pico da Cruz. É dominado nas zonas mais altas, por uma cratera vulcânica (Cova), por áreas florestadas de Pinus, Eucalyptus e Grevillea, por picos salientes e áreas de escarpas e despenhadeiros que terminam em vales profundos. o microclima é favorecido por um conjunto de fatores como a altitude, a exposição das vertentes, a precipitação oculta que auxiliam o desenvolvimento de várias plantas, nomeadamente, a vegetação nativa e a prática agrícola.

O Parque Natural de Cova, Paúl e Ribeira da Torre (PNCPRT) foi inscrito na Lista Indicativa de Cabo Verde na UNESCO fundamentado nos critérios V, VII e X.

Não obstante os efeitos da globalização, o parque conserva na íntegra a essência dos seus elementos tangíveis e intangíveis do modus vivendis do santatonense. Isto é visível nas edificações tradicionais, no conjunto de infraestruturas de proteção e conservação do solo, no sistema de irrigação, nos caminhos vicinais, nas práticas tradicionais da agricultura, na transformação dos produtos provenientes das culturas e na biodiversidade.

O Estado de Cabo Verde declarou o Parque Natural Cova, Paul e Ribeira da Torre como área protegida pelo Decreto- Lei nº 3/2004, com objetivo de conservar e proteger os elementos, os processos e recursos naturais com toda a sua diversidade geológica, biológica, singularidade e beleza; proteger o estado selvagem de espécies e ecossistemas; promover um uso sustentável dos recursos naturais; e promover ações de sensibilização e conscientização.

O sítio pode ser comparado à Paisagem Cultural da Serra da Tramuntana, na ilha de Maiorca, Espanha, declarado Património Mundial pela UNESCO em 2011. Esta aproximação estriba- se na forma de proteção e conservação dos solos para prática agrícola, nomeadamente nos terraceamentos e socalcos, nas infraestruturas hidráulicas de retenção e irrigação, nos caminhos vicinais como forma de superar as dificuldades de acessibilidade, na edificação tradicional, na diversidade das paisagens, desde montanhas abruptas, zonas de floresta densa, zonas áridas e zonas de pastorícia.

A diferença entre as duas paisagens culturais reside no facto da origem do parque natural de Cova, Paul e Ribeira da Torre ser vulcânica e particularmente a cratera vulcânica de Cova servir como fonte de regeneração das nascentes e do lençol freático dos vales do Paul e Ribeira da Torre. Outro diferencial é a possibilidade de se realizarem duas colheitas anuais dentro da própria cratera.

 

 

Parque Natural CPRT

Lista Indicativa