78192487_2533054953416192_3302768651634999296_o.jpg

Celebração do Dia Nacional da Morna

No âmbito das celebrações do dia nacional da Morna, Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas, através do Instituto do Património Cultural (IPC), realiza de 03 a 19 de dezembro, um conjunto de atividades.

A celebração iniciou com uma mesa redonda sobre “Vida e Obra de B.Leza (Francisco Xavier da Cruz), patrono do Dia Nacional da Morna, “O processo de candidatura da Morna a Património Cultural Imaterial da Humanidade”, “A configuração Poético-musical da Morna em Eugénio Tavares”, “A expressividade lírica de B.Léza na Morna”, no Campus do Palmarejo.

À mesa redonda foram convidados: Carlos Gonçalves, Edson Brito, George Tavares Silva, Elter Manuel Carlos e Elvira Reis.

A abertura da mesa redonda esteve a cargo do Presidente do IPC, Hamilton Jair Fernandes, que realçou a simbologia desta celebração que em 2019 ganha duplo significado. Cabo Verde, e os cabo-verdianos residentes e na diáspora aguardam, ansiosamente, pela ratificação da Morna, a Património Cultural Imaterial da Humanidade.

O Dia Nacional da Morna foi instituído como parte do processo da candidatura da Morna a Património Cultural Imaterial da Humanidade, em homenagem ao compositor e músico B.Leza, nascido nesse exato dia nos idos de 1903.

A data foi celebrada, pela primeira vez, em 2018 com celebrando B.Leza, celebrando os compositores cabo-verdianos, celebrando os intérpretes e os músicos cabo-verdianos.

Para a segunda edição, escolheu-se Cesária Évora, rainha da Morna e embaixadora de Cabo Verde e da Morna, alma do povo cabo-verdiano, no mundo.

 

Últimas Notícias