restauro-monumento-revolta-RM.jpg

No decurso dos trabalhos de restauro integral do Monumento da Revolta de Ribeirão Manuel, o Presidente do IPC, Hamilton Jair Fernandes, acompanhado do Diretor dos Monumentos e Sítios, Jaylson Monteiro, e do Presidente da Infraestruturas de Cabo Verde, Carlos Correia e Silva, visitou o atelier do artista plástico Domingos Luísa, responsável pelo restauro do monumento em causa.

Uma visita para constatar in loco o ponto de situação dos trabalhos de restauro de um dos mais emblemáticos monumentos do Conselho de Santa Catarina, edificado em homenagem a conhecida Revolta que ocorreu na localidade por volta de 1910, em decorrência da recursa dos rendeiros em pagar as rendas dos terrenos.

O mesmo é encimado com estatuas de homens e mulheres com armas erguidas simbolizando o dito popular “homem faca, mudjer matchado”.

O Artista plástico apresentou à equipa do IPC o protótipo sobre o qual esta a trabalhar, os materiais, garantindo que em Novembro o monumento será devolvido à comunidade de Santa Catarina, em ótimas condições e com um material mais resistente.

O restauro deste monumento é financiado integralmente pelo Governo de Cabo Verde, através do eixo IV do Programa de Requalificação, Reabilitação e Acessibilidades(PRRA), coordenado pelo Ministério das Infra-Estruturas, do Ordenamento do Território e Habitação(MIOTH) / Infraestruturas de Cabo Verde, orçado em 1.500.000.00 (mil e quinhentos contos)

Últimas Notícias