iefp.jpg

O Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) tem em curso desde 2017, o Programa de estágios profissionais empresariais, destinado aos jovens habilitados com formação profissional ou superior. Criado pela Lei 15/IX/2017, este programa tem como objetivo complementar as competências adquiridas durante a formação, visando a inserção ou reconversão para o Mercado de trabalho.

O referido programa foi delineado para implementação nas instituições públicas e privadas do país. Neste sentido, o Presidente e o Diretor de Administração e Finanças do Instituto do Património Cultural, Hamilton Jair Fernandes e Filomeno Fortes, foram recebidos na sede do IEPF pelo Presidente do Conselho Diretivo, Paulo Santos.

Em pauta esteve a apresentação do PEPE (Programa de Estágio Profissional Empresarial) e analise de possibilidades de parceria no quadro do programa em referência.

O IPC se prontificou para disponibilizar cerca de 30 vagas, nas suas mais variadas estruturas espalhadas pelo arquipélago, nomeadamente São Vicente (Museu do Mar e Núcleo Museológico Cesária Évora), Sal (Museu do Sal), Praia (sede do Instituto, Museu de Arqueologia e Etnográfico), Cidade Velha (Gabinete de Gestão da Cidade Velha-Património Mundial), Assomada (Museu da Tabanca) e Tarrafal (Museu da Resistência).

Ao final do encontro, ficou o compromisso de assinatura de um protocolo entre as instituições, que possibilitará, para além da disponibilização de vagas para estágio, a montagem de cursos técnicos nas áreas de reabilitação do património construído, destinado aos profissionais da área. Cursos a serem ministrados em parceria com as instituições de ensino nacional e estrangeiras.

Últimas Notícias