trabalhos_Atelier_PEEP.jpg

Decorreu nos dias 12 e 13 de junho, na Biblioteca Nacional, o Atelier “Plano Estratégico de Educação Patrimonial” organizado pelo Instituto do Património Cultural em parceria com as Fundações Amílcar Cabral e Lélio Lisli Basso da Itália.

Durante este atelier, liderado pela consultora portuguesa Luísa Janeirinho, foi analisado o draft do plano Estratégico de Educação Patrimonial 2020/2024, seguido da elaboração dos eixos estratégicos de intervenção, que a mesma considera de importante para o processo de implementação do projeto na sociedade civil.

Durante o workshop, os participantes foram desafiados a criarem os seus próprios projetos. “De um olhar local para o mundo”, “Memória, cultura das Ilhas”, Educação e cidades acessíveis”, “Dois dias de experiências”, foram estes os temas apresentados no final do Atelier.

A apresentação dos trabalhos finais, contou com a presença do Presidente do instituto do Património Cultural, Hamilton Jair Fernandes.

A elaboração do Plano Estratégico de Educação Patrimonial foi financiada pela União Europeia, no valor de 39 milhões de escudos, no âmbito do projeto “Cabo Verde: História e Cultura para um Turismo Sustentável”.

O Atelier de socialização do PEEP contou com a participação de técnicos das Câmaras Municipais, das delegações do Ministério da Educação, do IPC e também das ONGs e a sociedade civil.

Últimas Notícias