IPC recebe diretor da AD

Vários sãos os traços históricos e culturais que sempre ligaram Cabo Verde a Guiné Bissau. Intentando estreitar os laços de amizade e cooperação, o Presidente do Instituto do Património Cultural e equipa, acompanhado do Conservador do Arquivo Nacional de Cabo Verde, recebeu, na sede do IPC, o Diretor executivo da AD – Ação para o Desenvolvimento da Guiné Bissau, o Engº Tomane Camará.

Camará veio apresentar, às entidades nacionais cabo-verdianas, os projetos que a organização tem levado a cabo nos domínios da cultura, preservação e promoção do património histórico e cultural, afim de analisar possíveis parcerias em áreas de interesse comum.

O Presidente do IPC, Hamilton Jair Fernandes apresentou total disponibilidade do Instituto em colaborar com a AD, reforçando que o país tem todo interesse em beber da experiência da Guiné Bissau, e desta organização em particular, no tocante à gestão do memorial da escravatura de Cacheu.

Isto, num momento em que Cabo Verde projeta a materialização de um futuro museu da escravatura na Cidade Velha, Património Mundial, no âmbito do plano de gestão do sítio horizonte 2022.

O Conservador do Arquivo Nacional de Cabo Verde acreditando haver muitos pontos de encontros entre as duas entidades, demonstrou total abertura da instituição que dirige em colaborar com AD em futuros projetos, em prol da promoção histórica e cultural que une Cabo Verde e Guiné Bissau

Últimas Notícias