UE recebe equipa concha

A Equipa do Projeto CONCHA, foi recebida nesta quinta-feira, 31 de janeiro, pelo Chefe da Cooperação da Delegação da União Europeia (UE em Cabo Verde), em Cabo Verde, José Roman Leon Lora, para uma visita de cortesia.

A visita, que acontece no âmbito da 3ª missão CONCHA a este Arquipélago, teve como finalidade a apresentação dos resultados obtidos, até então, e quais as prioridades para Cabo Verde, durante a sua vigência.

Note-se que o projeto CONCHA, da Cátedra da UNESCO, o Património Cultural dos Oceanos, é financiado pela União Europeia, através do programa H2020-MSCA-RISE 2017 – 77998.

Apesar de pertencer à cátedra dos oceanos, do CHAM, a Historiadora Carla Pinto explica que o CONCHA projeta a valorização de várias áreas.

Partindo da Arqueologia subaquática, o projeto visa o mapeamento e interpretação dos sítios arqueológicos e potencia-os para o turismo, valorização e enriquecimento do espólio dos Museus, cruzando informações históricas da terra e do mar, património material e imaterial.

O Chefe da Cooperação da Delegação da União Europeia, em Cabo Verde, José Roman Leoon Lora, que afirmou ser o CONCHA um projeto ambicioso e de grande envergadura, reiterou total abertura pessoal e institucional ao projeto.

Estiveram presentes no encontro o Presidente do Instituto do Património Cultural, Hamilton Jair Fernandes, Diretor dos Monumentos e Sítios, Jaylson Monteiro, Arqueóloga Dúnia Moreira Pereira, o Investigador José Bettencourt, e a Historiadora Carla Pinto do CHAM.

Cabo Verde, através do Instituto do Património Cultural, integra o projeto CONCHA juntamente com a Universidade Pablo de Olavide, Old Dominion University, OMA - Observatório do Mar dos Açores, Trinity College Dublin Global, Associação para as Ciências do Mar, Universidade do Norte; Mar, Ambiente e Pesca Artesanal, Universidade Federal de Sergipe e Eveha International.

Últimas Notícias