Morna em si

Concebida no âmbito das celebrações do dia Nacional da Morna, pelo Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas, através do Instituto do Património Cultural, nasceu Morna em Si” no Palácio da Assembleia Nacional.

Uma exposição temporária que pretende albergar e transmitir a alma e o sentir da morna, tanto para quem escuta como para quem a interpreta.

Composta por um palco representativo e 6 painéis expositivos, “Morna em Si” remete o público para “aurora da morna”, “Morna, a apropriação de um património”, “Morna, de Cabo Verde para o mundo”, “Morna, candidata a património imaterial da humanidade” e “o rosto da morna”.

Patente na Assembleia Nacional até o dia 18 de dezembro, “Morna em Si” terá depois uma itinerância permitindo chegar a outros pontos do país e comunidades emigradas.

A abertura da exposição contou com a presença de deputados nacionais, músicos e compositores do género, SOCA - Sociedade Caboverdiana de Autores, SCM - Sociedade Cabo Verdiana de Música e ainda com a presença do Presidente da Assembleia Nacional, Jorge Santos.

Para quem acredita que esta exposição só “engrandece a Morna e engradecendo a Morna estamos a engrandecer a Nação Cabo-verdiana”. Isto porque a “Morna nasceu em Cabo Verde, mas com a Morna a Nação cabo-verdiana.”

Últimas Notícias