Reu coop espanhola

O Instituto do Património Cultural tem feito forte aposta na capacitação técnica, não apenas de seus técnicos, mas de todas as entidades,que direta ou indiretamente intervêm no património cultural.

Neste sentido prepara para o próximo mês de setembro, em parceria com a Cooperação Espanhola, um curso de sinalética turística em centros históricos, tem como objeto de estudo a Cidade Velha, Património Mundial.

Para isso, Hamilton Jair Fernandes, Presidente do IPC,  recebeu, no instituto, o Coordenador da Cooperação Espanhola, Jaime Puyoles, para acertos dos aspetos técnicos e operacionais do curso que terá lugar na Cidade Velha, Património Mundial.

O referido curso resultará num manual e sinalização do Sítio.  Um documento que segundo o Presidente do IPCD deverá ser um modelo de sinalização para os centros históricos classificados património nacional.

Este curso dá seguimento ao anterior projeto de musealização da Cidade Velha, promovida pela cooperação espanhola.

Últimas Notícias