DRCA apoia CCT

A Direção Regional da Cultura dos Açores, de visita a Cabo Verde no âmbito do projeto de arqueologia subaquática Margullar, visitou o Município do Tarrafal, acompanhado do Presidente do Instituto do Património Cultural, Hamilton Jair Fernandes, e da equipa diretiva do instituto.

A Delegação açoriana foi recebida para uma visita de cortesia nos salões da Câmara municipal do Município do Tarrafal - Santiago, pelo edil José Pedro Nunes Soares. Uma visita que aconteceu no âmbito do processo de candidatura do Campo de Concentração do Tarrafal a Património da Humanidade, anunciada pelo Ministro da Cultura e das Industrias Criativas, para 2020. Uma candidatura transnacional que ligará Cabo Verde, uma vez mais, a Portugal, Guine e Angola.

O Presidente da Câmara do Tarrafal apresentou as potencialidades do município, tanto a nível cultural, desportivo e outras áreas de interesse comum a Açores.

O Diretor Regional da Cultura dos Açores, por sua vez, demonstrou total engajamento de sua equipa na colaborar com Cabo Verde e com este município numa perspectiva de aprendizagem mutua. “Tudo que pudermos fazer para nos complementar, aprender e ensinar, estamos dispostos”, afirmou Nuno Lopes.

Após visita à edilidade local, a delegação seguiu para o Campo de Concentração que alberga o Museu da Resistência, para uma visita ao espaço, apresentação do projeto Museus de Cabo Verde, traçado pelo Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas, através do IPC - Instituto do Património Cultural.

Ao final da visita, o DRCA reconheceu o longo percurso que Cabo Verde tem a percorrer para levar a bom porto esta candidatura, que se mostra ainda mais complexa por ser transnacional. Contudo, apresentou total apoio ao país e prometeu intermediar, na medida do possível, à candidatura do CCT à Património Mundial, enquanto consultor da UNESCO.

 

Últimas Notícias