IPC entrega dossier morna MCIC

Já está disponível no site da UNESCO o dossier com o pedido de inscrição da Morna na Lista representativa do património cultural imaterial.

Disponível no link: https://bit.ly/2Hf5QHv

Recorde que este pedido foi entregue em Paris, França, a 26 de março deste ano, pelo Ministro da Cultura e das Indústrias Criativas, Abraão Vicente e em representação do Governo e do povo de Cabo Verde.

A sua colocação online traduz não somente a sua aceitação por parte da UNESCO, mas também uma correta instrução processual, com todas as partes que o compõe, cumprindo desta forma todas as necessárias exigências a que este processo está obrigado.

O dossier entregue, composto por um formulário, um filme, um portfólio fotográfico e as declarações de cantores, músicos, poetas, compositores e outras entidades para quem a Morna representa a alma e a vida de Cabo Verde, é o resultado de um extenso trabalho de investigação e contato desenvolvido pelo IPC - Instituto do Património Cultural.

Estar, neste momento, entre as 50 manifestações que serão avaliadas em finais de 2019, em Assembleia Geral da UNESCO, significa que este órgão da Organização das Nações Unidas (ONU) com mandato transnacional para a Educação, a Ciência e a Cultura reconhece no processo e na Morna todas as condições para uma potencial inscrição como Património da Humanidade.

No âmbito do calendário destes processos, a UNESCO, se tal entender, poderá pedir esclarecimentos ao Estado parte até ao final deste ano, e posteriormente fará a sua entrega ao corpo internacional de peritos que farão um relatório que será avaliado e discutido em Assembleia Geral entre Novembro e Dezembro de 2019.

Aquilo que surge como prática, é que dossiers selecionados nesta fase muito dificilmente não serão inscritos.

Que as boas energias e o foco continuo e competente nos leve ao porto de sucesso em dezembro de 2019

Texto e foto: Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas

Últimas Notícias