DRCANo âmbito projeto de arqueologia subaquática Margullar, o IPC recebeu nesta segunda-feira, 22 de maio, a visita da Direção Regional da Cultura dos Açores (DRCA), chefiada pelo seu Diretor, o Arq. Nuno Ribeiro Lopes.

A Direção Regional da Cultura dos Açores está em Cabo Verde para uma visita de trabalho de 4 dias. A Delegação composta por Nuno Ribeiro Lopes, Pedro Cota e José Luis Neto foi recebida no Instituto do Património Cultural, pelo Presidente Substituto, Filomeno Fortes, e pela equipa diretiva do instituto.

Fortes apresentou a equipa diretiva e os intervenientes do projeto Margullar em Cabo Verde, da qual IPC é parceiro enquanto observador. O Diretor Regional da Cultura dos Açores apresentou total disponibilidade, da sua equipa, em colaborar com o instituto, tanto no projeto Margullar, como em outros projetos de interesse comum.

Para o Coordenador da Direção dos Monumentos e Sítios, Jaylson Monteiro, Cabo Verde não poderia ter melhor parceiro neste projeto. Uma parceria que chega de “regiões com características semelhantes à nossa”. Ainda no decorrer do primeiro dia de visita, a Delegação, acompanhada do Presidente Substituto do IPC, fez uma visita de cortesia à Embaixadora de Portugal em Cabo Verde, Helena Paiva.

A DRCA apresentou o projeto Margullar à Embaixadora, e demostrou a intenção da Direção Regional expandir suas parcerias para outras áreas, além do património subaquático. Áreas como a museografia bibliotecas, entre outras.

Da agenda da missão, constam ainda, encontros com os Membros do Comité de seguimento dos projetos do Património Cultural Subaquático, que deverá ser em breve oficializada em Conselho de Ministros, encontros com as instituições parceiras nacionais do projeto Margullar, visitas a Sítios, Centros Históricos e Museus.

A deslocação da DRCA acontece no quadro da parceria que o Instituto vem desenvolvendo com instituições das Canarias (Cabildo de Lanzarote), dos Açores (Delegação Regional da Cultura), da Madeira (Delegação Regional da Cultura) e do Senegal (Direção Geral da Cultura), no quadro do projeto MARGULLAR, visando a valorização do património cultural subaquático na região da Macaronésia, financiado pela União Europeia.

 

Últimas Notícias