assinatura mcic tabanca

O Governo, através do Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas acaba de assumir um compromisso com 15 grupos de tabanka da ilha de Santiago e da ilha do Maio, num valor de três mil contos.

O termo de compromisso foi assinado na manhã desta terça-feira (24 de abril) entre o Ministro da Cultura e das Indústrias Criativas e os representantes dos respetivos grupos.

O documento visa a salvaguarda deste importante bem, sua dinamização e revitalização, aposta numa política estruturada de valorização dos grupos, dos detentores e toda a idiossincrasia inerente através de uma política cultural que identifica, inventaria, classifica e define um plano de salvaguarda a ser implementado em parceria com os grupos, edilidades e o Instituto do Património Cultural.

“É sempre bom colocar interessados na preservação da tabanka na mesma sala. Queria, com este primeiro encontro, ter já um compromisso assumido definindo as linhas em que podemos trabalhar para a dinamização e promoção deste género tradicional”.

A partir deste momento, e junto com o Instituto do Património Cultural (IPC), os grupos podem começar a trabalhar na dignificação da tabanka.

Este momento marca uma nova era para a tabanka e o objetivo final é garantir a sustentabilidade deste movimento cultural e ainda coloca-lo no mapa turístico do país.

Foto e Texto: MCIC

Últimas Notícias