ancoradouro cidade velha

Arrancou a primeira missão do projeto CONCHA em Cabo Verde Arrancou neste domingo, 22 de abril, a primeira missão do projeto COCHA em Cabo Verde com o mergulho de prospeção arqueológica subaquática no Ancoradouro da Cidade Velha- Património Mundial.

Nesta primeira missão participam, a guarda costeira, policia marítima e uma equipa de mergulhadores. Recorde-se que Cabo Verde foi escolhido para ser primeiro país, parceiro, a acolher o projeto de arqueologia subaquática CONCHA, em 2018.

Um projeto da Cátedra da UNESCO: O património cultural dos oceanos, que visa o desenvolvimento de conhecimentos históricos e patrimoniais, no domínio da investigação, salvaguarda e valorização do legado subaquático.

Isto, explicando as diferentes formas pelas quais as cidades portuárias se desenvolveram em torno da borda do Atlântico, no final do séc. XV e início do séc. XVI, em relação aos diferentes ambientes ecológicos e económicos globais, regionais e locais.

Para o efeito, está em Cabo Verde, os responsáveis do CONHCA, Patrícia Carvalho e José Bettencout, para fazer acompanhamento da primeira missão do projeto da qual Cabo Verde é representado pelo Instituto do Património Cultural.

Últimas Notícias