Projeto vedação Sé

 

No intuito de estancar as agressões que a Sé tem sido alvo, e promover sua valorização, o IPC - Instituto do Património Cultural, através do Gabinete de Gestão da Cidade Velha - Património Mundial, procede a partir desta segunda-feira, 2 de abril, a vedação deste importante monumento, situado na Cidade Velha, Património Mundial.

Este trabalho é realizado em parceria com a Câmara Municipal de Ribeira Grande de Santiago, Diocese de Santiago de Cabo Verde e a Paroquia do Santíssimo Nome de Jesus. E dá seguimento ao compromisso assumido pelo Ministro- Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas, Abraão Vicente, aquando de apresentação de projeto de reabilitação da Igreja de Nossa Senhora do Rosário.

De referir que, num panorama geral, a estrutura física da Sé, apresenta bom estado de conservação. Contudo, devido à falta de um plano de manutenção e de valorização (uso social), as marcas de degradação do edifício são cada vez mais evidentes, devido sobretudo a pressão humana.

Por isso, pretende-se realizar uma vedação parcial do espaço, criando soluções para as partes sensíveis do monumento, nomeadamente nas duas portas laterais e na principal, na parte do transepto que fica na fachada noroeste que dá acesso para a rua direita, do bairro São Sebastião (que está completamente destruída) e na parte sudeste (Sé) com o acesso para a estrada principal, ou seja, na junção do transepto até a estrutura do corpo central da nave.

Aliada a este trabalho, serão desenvolvidas ações sensibilização, realizadas pelo Gabinete de Educação Patrimonial, com o fim de consciencializar a população para a importância de preservação deste bem. Importa frisar que as intervenções preconizadas não irão intervir na estrutura no monumento histórico.

Mais do que vedar o edifício, pretende-se futuramente, aliado a vários parceiros, dar uso ao monumento com a realização de atividades religiosas, sociais ou culturais, que possam contribuir para a dinamização e inserção na dinâmica sociocultural da cidade.

Últimas Notícias