Escola visita ISTMOs alunos da Escola Alfredo da Cruz fizeram nesta sexta-feira, 16 de março de 2018, uma peregrinação às ruínas da Igreja de São Tiago Maior, para conhecer a história e importância da Igreja para a comunidade. 

Num percurso que teve inicio em Achada Campo, passando por Cutelinho, Porto e Areia Grande, até chegar as ruínas. Um percurso, alias enraizado em tempos na vida social daquela comunidade, em suas práticas religiosas. Pois toda comunidade fazia o percurso Areia Grande-Achada Igreja para assistir às celebrações nessa igreja. 

Com o passar do tempo a igreja ficou devota ao abandono, devido a falta de transporte, às condições climáticas e limitações de acesso em épocas de chuva, levando as pessoas de Pedra Badejo e de outras localidades próximas, a ficarem sem ir à missa. Devido ao estado de abandono e o crescimento gradual do povoado de Pedra Badejo, apressou-se a transferência da sede da freguesia por volta de 1912.

Neste momento decorre uma escavação arqueológica no sítio, realizada pelo Instituto do Património Cultural, em parceria com a Câmara Municipal de Santa Cruz. Esta é a primeira fase do projeto de reabilitação da Igreja, enquadrada no Plano Nacional de reabilitação dos edifícios históricos traçado pelo Ministério da Cultura e das Industrias Criativas.

 A visita guiada às atuais ruínas, aconteceu no quadro do plano de sensibilização do projeto de reabilitação da Igreja de São Tiago Maior, e foi conduzida pelo técnico do IPC, Francisco Lopes Moreira.

Últimas Notícias