PR assembleia nacional

Hamilton Jair Fernandes, Presidente do IPC - Instituto do Património Cultural, foi recebido nesta sexta-feira, 9 de março, nos salões da Casa Magna, para um encontro com o Presidente da Assembleia Nacional, Jorge Santos. Um encontro com vista a estreitar relações e apresentação, por parte do IPC, dos projetos em carteira. O Presidente do IPC, aproveitou o encontro para entregar ao Presidente da Assembleia Nacional, a carteira de projetos do instituto para 2018. Projetos da qual, Jorge Santos reiterou total suporte.
 
De entre eles, a candidatura bandeira nacional, Morna a Património Cultural Imaterial da Humanidade, reabilitação e salvaguarda dos edifícios históricos, em especial ao Ex-Campo de Concentração do Tarrafal, que no dizer de Jorge Santos é “dos bens mais importantes que temos em Cabo Verde em termos patrimoniais, a par da Cidade Velha”.
 
De referir que o Estado de Cabo Verde pretende, ainda que sem data prevista, avançar com a candidatura do Campo de Concentração a Património da Humanidade. Um espaço de memória, que une povos de várias nações, pelo passado sangrento que ali habitou.
 
Jorge Santos demonstrou grande preocupação com o elevado estado de degradação de alguns edifícios históricos, a nível nacional. Um facto que levou os Presidentes a crerem ser necessário um repensar dos meios de financiamento para requalificação e salvaguarda do Património Nacional. Contudo, Santos revelou satisfação pelo trabalho desenvolvido pelo instituto, com destaque pelos projetos de reabilitação em curso.
 
A saber: escavações arqueológicas na Igreja de São Tiago Maior, reabilitação da Igreja de Nossa Senhora do Rosário, na Cidade Velha, reabilitação da Igreja Nossa Senhora da Luz, na ilha do Maio, projeto Museus de Cabo Verde, em curso no Museu da Resistência. Estes projetos se enquadram no Plano Nacional de reabilitação dos edifícios históricos traçados pelo Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas, para a presente legislatura.
 
No final do encontro, ficou o compromisso de análise das linhas gerais de um futuro protocolo de parceria a ser assinado entre a Assembleia Nacional e o Instituto do Património Cultural. No quadro do referido protocolo, o Presidente Jorge Santos, demonstrou total abertura do Palácio da Assembleia em acolher atividades promocionais da candidatura da Morna a Património Mundial.

Últimas Notícias