belezaA morna passa agora a ser oficialmente celebrada a 3 de dezembro. Trata-se de uma iniciativa do grupo parlamentar do Movimento para a Democracia, e tem a ver com o facto, de, nesse dia, ter nascido aquele que é “consensualmente considerado um dos mais distintos compositores da morna, ou seja, o B. Léza”.

O ilustre compositor que deixou marcas históricas na geração dos músicos cabo-verdianos, desde a sua época até atualidade.

A proposta de Lei que instituiu o Dia Nacional da Morna, assumida pela casa magna, foi aprovada por unanimidade, pelos deputados presentes na sessão plenária desta terça-feira, 27 de fevereiro de 2018.

Um reconhecimento nacional, regozijado pelo Instituto do Património Cultural, entidade responsável pela salvaguarda e promoção do legado nacional. Isto numa altura em que se ultima o dossier de candidatura da morna a Património Cultural Imaterial da UNESCO.

Para o Presidente do IPC, Hamilton Jair Fernandes, “esta iniciativa vinda do parlamento expressa todo suporte politico e institucional da casa magna ao trabalho que o Instituto do Património Cultural vem desenvolvendo ao longo dos anos, na senda da preservação e valorização do legado nacional”.

Fernandes vê neste ato, o “reconhecimento do património cultural como conciliador de todos os interesses de Estado, que a grosso modo espelha a importância e simbologia da morna para os cabo-verdianos (as), dentro e fora da diáspora. Isto é, A morna de Sodad como voz e elo do povo cabo-verdiano.”

Mais ainda, faz uma menção honrosa a data escolhida, que no seu ver é mais do que uma data simbólica. "É um convite para reflexão sobre a preservação da identidade e memória desta Nação. A data valoriza toda comunidade da morna, seja ela compositores, interpretes, espaços culturais ou simplesmente apreciadores deste género musical que nos enche a alma”.

Por fim, Fernandes considera esta atribuição como um novo desafio ao instituto que preside. O que requer a assunção de novos compromissos, nomeadamente a nível da investigação e reaproximação com as academias e investigadores.

Últimas Notícias