20 anos MEPO Museu Etnográfico da Praia, inaugurado a 27 de novembro 1997, celebra nesta segunda-feira, 27 de novembro de 2017, 20 anos de existência. Corria o ano de 1997, quando a historia da vivência das mulheres e homens cabo-verdianos invadia um edifício do Séc. XIX na rua Pedonal, cidade da Praia, ilha de Santiago. Tratava-se da inauguração do Museu Etnográfico da Praia, pelo então Primeiro Ministro Carlos Veiga.

 Das ilhas de Santo Antão, Boa Vista, Santiago e Brava, chegaram um conjunto de peças que deram “corpo” ao Museu. Uma recolha feita pelo então Instituto Nacional da Cultura (INAC), durante os anos de 1992 a 1995.

 Passada duas décadas de história, o Ministério da Cultura e das Industrias Criativas, através do Instituto do Património Cultura (direção de museologia e museus), em parceria com a Câmara Municipal da Praia, recorda o percurso deste Museu com uma bela celebração, na rua Pedonal.

 Uma celebração que coloca no centro “a Panaria cabo-verdiana: a sua importância e os novos usos”, numa exposição temporária, com duração de 3-4meses, cruzando o passado, presente e o futuro da história do povo das ilhas, por meio deste símbolo da cabo-verdianidade.

Uma exposição que apresenta o todo ciclo de confeção do pano de terra, desde as matérias-primas tradicionais, passando pelo tear e culminando com o produto final. Aliado aos panos tradicionais, almeja-se apresentar os novos usos deste objeto, caso de acessórios de moda, de decoração de casa, entre outros.

Últimas Notícias